quarta-feira, 20 março, 2019

Sobre o administrador

Homem Expresso

Homem Expresso Especialista em imagem... Fotógrafo, videografista, aventureiro, viajante, nerd, amante. Curte arte, tecnologia, ciências e principalmente escrever.

Posts Relacionados

2 Comments

  1. 1

    Jucier Morrissey

    Faltou ser comentado o fato de Eli não ser exatamente uma vampiresa… e se sim um vampiro com feições femininas castrado há séculos. O diretor até tentou introduzir cena de flashback da tal castração, mas por motivos pessoais resolveu esquecê-la. Mas deixa implícito em diálogos entre os protagonistas… como quando Eli chega pra Oskar e pergunta: “E se eu não for uma garota, Oskar?”

    Deixa Ela Entrar é Obra Artística
    Credopúsculo e C&A são produtos culturais

    Responda
    1. 1.1

      Roberto Gleydson

      Jucier,
      ótimas observações. Tem muitas cenas que intrigam quem assiste ao filme, principalmente a cena em que o Oskar tenta ver a Eli trocando de roupa e se assusta ao ver que ela só tem uma cicatriz no lugar, e estes diálogos. Como é um filme europeu é complicado de conseguir mais informações relevantes, mais o que concordo com você é que é uma obra de arte que deve ser vista e comentada.

      Att.

      Responda

Deixe uma resposta

Copyright © 2019 Homem Expresso. Todos os direitos reservados.        visitas: